51 2108.2108
Área do Associado
esqueci minha senha

Notícias

01/07/2022

Killing promove simulação de evacuação química

Killing fachada Matriz NH

Killing fachada Matriz NH

Clique na imagem e veja a galeria completa Diretor-presidente da Killing, Milton Killing

Indústria química, com mais de 60 anos de mercado, promove, na manhã da próxima terça-feira, sua primeira simulação integrada com a segurança pública de Novo Hamburgo

A Killing S.A. Tintas e Adesivos, de Novo Hamburgo (RS), fará um treinamento integrado na próxima terça-feira, dia 05/07, com a realização de sua primeira simulação de emergência química e contará com a participação local da Brigada Militar, do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil, da Guarda Municipal e do Samu. A partir das 8 horas de terça-feira (05), cerca de 350 funcionários da Killing participarão dessa ação, que integra a programação da Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Sipat) 2022 da Killing. Intitulada Viva com Saúde Trabalhe com Segurança, a Sipat ocorre de 4 a 8 de julho, nas dependências da matriz.

Vizinhos da indústria estão sendo informados, antecipadamente, sobre a realização desse simulado, em que uma sirene será ecoada pelas dependências da Killing e todos os funcionários evacuarão as instalações da fábrica. Na ocasião, os órgãos competentes da segurança pública de Novo Hamburgo serão acionados para o simulado, que deve perdurar por uma hora.

De acordo com o diretor-presidente da Killing, a indústria química é obrigada a manter uma brigada de incêndio em casos de sinistros e também de fornecer treinamento a seus colaboradores no caso de vazamento ou incêndio. “Temos a preocupação de não apenas garantir a segurança de nossos colaboradores, como a de nossa sociedade em seu entorno, a partir do momento em que lidamos com produtos químicos em nossas dependências. Nossa responsabilidade ultrapassa os muros da empresa, pois temos a consciência de que fazemos parte da mesma história. Se ocorre um sinistro em nossa empresa e, se ele não for grave, mesmo assim, cada um de nós perdemos um pouco, não apenas a fábrica. E cada vida importa”, frisa o presidente Milton Killing. A empresa possui brigadistas internos que executam treinamentos internos e, em conjunto também, com Bombeiros e empresas especializadas em Segurança do Trabalho e acidentes de grandes proporções. “Esse movimento, de estarmos junto com os órgãos de segurança pública de Novo Hamburgo nesse simulado, é muito importante e será um grande aprendizado para todos”, destaca o gestor.

Funcionários estarão saindo da fábrica a partir das 8 horas de terça-feira e, ao mesmo tempo, viaturas da Guarda Municipal e dos Bombeiros estarão ingressando pelo mesmo portão para controlar o sinistro fictício. “Essa será uma grande e importante oportunidade de analisarmos nossos protocolos e como será essa interação da nossa Brigada com a Guarda Municipal e os Bombeiros. Olhar como vai se dar esse movimento é fundamental até para o revermos se o nosso processo está perfeito com os órgãos de segurança, porque uma coisa não pode atrapalhar a outra”, explica o diretor.

Fonte/Associada: Mídia Help/Killing