51 2108.2108
Área do Associado
esqueci minha senha

Notícias

05/09/2018

Responsabilidade Civil foi o foco do Fórum de Profissionais Liberais

Novo Hamburgo/RS – Na noite de terça-feira (04), a Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha reuniu participantes de várias áreas durante a realização do Fórum de Profissionais Liberais. Com foco na responsabilidade civil, palestraram Eduardo Silva, sócio do Escritório Torelly Bastos Advogados Associados, com o tema “Questões Jurídicas da Responsabilidade Civil Profissional”; Marco Antonio Lasalvia, membro da Academia Nacional de Seguros, sobre “Seguros: Uma Importante Ferramenta De Gestão” e Daniel Flores Santos, gerente de sinistros na AIG, que falou sobre “Sinistros de E&O, D&O E Cyber”.

Conduzido pela vice-presidente de Serviços da ACI, Jéssica Benetti de Oliveira, o evento também contou, no final, com um debate entre os palestrantes, para tirar dúvidas entre os assuntos abordados.

Eduardo Silva apresentou as linhas gerais da responsabilidade civil, a legislação (as principais bases legais, tomando como exemplo o Código de Defesa do Consumidor - CDC), as principais teorias e, também, a responsabilidade civil profissional. "São os atos, no exercício de suas atividades profissionais, que venham a causar prejuízos ao cliente e, consequentemente, a obrigação de indenizar", observou ele, explicando a diferença entre obrigação de meio (quando não há a responsabilidade de resultado) e obrigação de resultado (o comprometimento com a entrega final).

Já Marco Lasalvia apresentou os fundamentos legais do Código Civil Brasileiro, ressaltando as responsabilidades dos gestores, a cibernética (proteção de dados) e a civil profissional, para imediatamente pontuar a importância do seguro, como ferramenta de gestão. "Nós todos mudamos e nossos costumes estão mudando", observou. O palestrante reforçou as possibilidades de coberturas, principais exclusões e a vigência com retroatividade.

O terceiro painelista, Daniel Santos, sintetizou as probalidades de sinistros, focando que houve uma maturidade do mercado nos últimos tempos. "Os segurados estão mais atentos ao uso das apólices", reforçou. Ele ainda explanou sobre o CyberEdge, o seguro de proteção de dados e responsabilidade cibernética. "A legislação é bem ampla quando se fala em responsabilidade civil", complementou.

O patrocínio do Fórum foi de Bali Turismo, Certivale Certificadora Digital e Projetec Tecnologias Integradas.

De Zotti – Assessoria de Imprensa
Em 05/09/2018