51 2108.2108
Área do Associado
esqueci minha senha

Notícias

04/09/2020

Nossa Independência espelha-se nas cores da Bandeira Nacional

Clique na imagem e veja a galeria completa

A Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha, realizando sua tradição cívica, fez o hasteamento das bandeiras ao som do Hino Nacional, na manhã de sexta-feira (04), em frente sua sede. A cerimônia contou com a presença dos colaboradores, do diretor da entidade, Marco Aurélio Kirsch, e dos vice-presidentes Diogo Leuck (Governança e Qualidade), Leandro Kolling (Regional Estância Velha), Rogério Schmökel (Regional Campo Bom) e Dênis Furlan (Comércio), representando todos os demais integrantes da entidade.

___________________________________________

Sob todos os aspectos: sociais, econômicos, políticos e da cidadania; é chegada a hora da independência.
Independência para a crítica, para o elogio, para a construção de soluções conjuntas ou individuais. Independência para empreender sem os excessos de intervencionismo do Estado - fracionado através de suas competências municipais, estaduais e federais em múltiplas agências, partidos, secretarias, ministérios e agentes burocráticos de toda a ordem. Independência para inovar, para empregar, para acreditar em velhas e novas propostas.

E nos dias de hoje, para fazer valer o princípio da liberdade, numa sociedade dominada por poderes em desarmonia enquanto voltados aos seus próprios feudos de poder e interesses, muitas vezes distantes dos interesses maiores desta sociedade.

A independência conquistada pelo cidadão que não precisa do Estado para a sua sustentabilidade, dignidade e ascensão social.

A defesa desta independência a todo o custo, inclusive aquele da crítica externa rasa ou do ataque pela meia verdade.

Nossa centenária entidade caminha em meio a uma crise sem par na história recente com a vigorosa sensação de uma travessia com causa, energia e propósitos maduros.

Por tudo isso a ACI comemora a passagem do 198º aniversário de Independência do Brasil e torna a hastear o pavilhão nacional no alto de sua sede no centro da cidade de Novo Hamburgo.

Com o hasteamento da bandeira nacional estamos também renovando nossa solidariedade com as famílias dos que partiram desde o início da pandemia vítimas da COVID-19, de doenças crônicas, de acidentes, e também do medo do ingresso em hospitais, do pânico e da depressão causados por todo esse triste cenário ao longo de meses.

É hora de hastearmos aos quatro ventos nossa atitude em prol da vida e do desenvolvimento, da ética e da recuperação urgente de nossa economia, com valorização das marcas locais, com a construção de um futuro com muito respeito pela saúde e pela verdade dos fatos, educação, qualificação pessoal e coletiva.

É a hora da bandeira nacional inspirar como nunca; através do simbolismo de seu lema de ordem e progresso, do céu traduzido na sua esfera central, de uma constelação estelar magnífica reproduzindo o céu do Rio de Janeiro no dia da Proclamação da República, e de cores que, para além das riquezas minerais, representam nosso sistema político republicano.

Viva o Brasil! E viva a nossa Independência!

ACI-NH/CB/EV