51 2108.2108
Área do Associado
esqueci minha senha

Notícias

16/05/2022

Pequenos negócios ganham espaço nas compras públicas de Estância Velha

“Vender para a prefeitura foi o que nos reergueu”. A afirmação é de Djenifer Fuhr, uma das sócias da gráfica MD Artt, de Estância Velha, que esteve à beira do fechamento, mas conseguiu reverter a situação quando começou a ter a prefeitura entre seus clientes. “Quando estava quase desistindo, ficamos sabendo que a prefeitura estava cadastrando fornecedores e resolvemos participar”, lembra Djenifer. Como resultado, a gráfica já tem planos de expansão e a empreendedora quer servir de inspiração para outros empresários locais, demostrando que é possível participar de compras públicas e que isso pode ser um bom negócio.

Djenifer estava entre os atentos participantes do evento de apresentação aos empresários do resultado da Pesquisa com Fornecedores e Não Fornecedores de Estância Velha, uma das ações do eixo Compras Públicas do programa Cidade Empreendedora, desenvolvido pelo Sebrae RS em parceria com o poder público. A reunião aconteceu no dia 29 de abril e serviu também para que eles pudessem esclarecer junto à equipe de Compras Públicas do município as dúvidas sobre o funcionamento do processo, quais os requisitos e como podem participar. 

Orientar os micro e pequenos negócios para que possam ingressar e ampliar a sua participação nas compras públicas, adequando os processos, é um dos objetivos que Estância Velha está colocando em prática com a consultoria do Cidade Empreendedora. “Este é mais um passo importante que estamos concretizando no sentido de buscarmos ampliar o horizonte de atuação dos empreendedores locais. Com isso, terão condições de prestar serviços para o poder público e, também, aumentar seus faturamentos. Além disso, buscamos que possam se tornar ainda mais competitivos”, afirma o prefeito Diego Francisco.

Os resultados

A pesquisa contou com 38 respostas no formulário realizado com atuais fornecedores e 30 respostas no formulário para não fornecedores. Entre os fornecedores, 50% são domiciliados em Estância Velha e 50% são de empresas fora do município. Do total, 89,4% são enquadrados como MEI, ME ou EPP. Em relação aos atuais fornecedores, mostrou que mais de 80% estão satisfeitos com sua relação com o atendimento do departamento de compras e licitações e com o relacionamento com o setor de almoxarifado/entregas.

Um dado relevante está relacionado ao setor de pagamentos da prefeitura. Nesse item, mais de 90% afirmaram estarem satisfeitos. Com relação aos prazos, 57% revelaram que recebem, no máximo, em até 30 dias a partir da apresentação da nota fiscal e 18,4% responderam que o pagamento é feito em até 10 dias. A pesquisa também indica o que pode ser feito para incluir novos fornecedores locais nas contratações públicas, pois 93% dos não fornecedores afirmaram que nunca participaram das licitações. Eles apontaram a complexidade dos processos como um dos entraves. Por isso, entre as medidas sugeridas estão parcerias com entidades empresariais para divulgação de oportunidades, o que também pode ser feito na Sala do Empreendedor, e uso das redes sociais. (Fonte: Sebrae RS)