51 2108.2108
Área do Associado
esqueci minha senha

Notícias

18/11/2021

Celebração dos 101 anos e manifestações da ACI são destacadas pelo presidente Marcelo Lauxen Kehl

Clique na imagem e veja a galeria completa

A edição de novembro do Prato Principal ocorreu no último dia 18, na Sociedade Ginástica Novo Hamburgo. Ao dirigir-se aos participantes presenciais e aos que acompanhavam o evento pelo YouTube, o presidente da ACI, Marcelo Lauxen Kehl, agradeceu ao palestrante, o diretor-executivo da Sicredi Pioneira, Solon Stapassola Stahl, aos patrocinadores, Sicredi Pioneira RS e Laboratório Fleming, e à apoiadora máster, Universidade Feevale, aos profissionais da casa e ao time de vice-presidentes que os acompanha.

Em seguida, deu boas-vindas aos novos associados de setembro e outubro: Câmara Texana de Comércio no Brasil, Kranz Contabilidade, Agência Costa, Andreoli Marcas & Patentes Serviços Jurídicos, AtlanFish Comércio Importação e Exportação, Floki Sys, Hoffmeister & Leal Advogados, Kienbaum, Polo Franquias, Polymarket Serviços de Apoio Administrativo e Sílica Sul Indústria e Comércio. “Que tenham ainda mais sucesso ao nosso lado”, enfatizou.

Confira outros assuntos citados pelo presidente:

101 anos da ACI

“Celebramos, há exatamente um mês, os 101 anos da entidade, com 400 pessoas presentes fisicamente (número máximo imposto pelo regramento do estado, o que gerou uma grande fila de espera que não pudemos atender, infelizmente) e mais uma multidão assistindo on-line. Foi o primeiro evento no estado em que foi exigido o comprovante de vacinação, já que esta norma passou a valer exatamente naquele dia, e deu tudo muito certo, com todos os participantes vacinados e o com o cumprimento estrito de todos os protocolos exigidos. Neste dia, tivemos a entrevista com Guilherme Benchimol e a apresentação do seu case de sucesso com a XP, além da diplomação da nova diretoria, capitaneada por Diogo Leuck, que assumirá em janeiro, e a comemoração do aniversário em si, já que o nosso centenário em 2020 foi bonito, mas frustrante, devido à proibição de eventos presenciais à época.”

Manifestações públicas

“Temos nos manifestado veementemente e feito estes manifestos chegarem aos integrantes dos poderes da República e aos nossos deputados e senadores, sobre a necessidade premente de todos os que detêm poder em nosso país (e aí falamos de estados e municípios, também) agirem de forma sensata e com o pensamento no que é melhor para a nação, em vez de tomarem atitudes inconsequentes, muitas vezes populistas, simplistas ou imediatistas, e centradas apenas em seus próprios interesses.

E há vários exemplos disto. Ontem encaminhamos documento ao Ministério do Trabalho pedindo que suspenda o envio de notificações eletrônicas a respeito do preenchimento da cota de jovens aprendizes por nossas empresas e dando escassos 15 dias para isto. Como sabemos a pandemia afetou o funcionamento das empresas, afetou ainda mais as escolas formadoras destes jovens, suspendendo as atividades práticas e levando para o modo remoto as aulas teóricas, estamos chegando ao final de ano e às formaturas deste aprendizes. Ou seja, não há condições para que a cota que a lei determina seja cumprida neste momento, por absoluta falta de pessoas para preenchê-la. E vocês sabem que, em nossos 101 anos, fomos sempre defensores ferrenhos do cumprimento da lei, então o que pedimos é que, neste caso específico, se postergue o prazo para quando houver condições para que isto ocorra.

Um outro exemplo são as ações “fura-teto” que estão sendo tomadas pelo Ministério da Economia e aprovadas pelo Legislativo, que ameaçam minar ainda mais a nossa credibilidade e podem nos fazer voltar aos tempos do descalabro gerado por atitudes despropositadas de Dilma Roussef e seu absoluto desprezo pelos melhores preceitos na defesa do ambiente macroeconômico. A aprovação da PEC dos precatórios vai no mesmo sentido, pois fragiliza a confiança do mercado na capacidade e, mais do que isto, na vontade que o governo tem de pensar a médio e longo prazos.”

Cursos e webinares

“Estamos chegando ao final do ano, mas nossos cursos e eventos continuam a todo o vapor! São 12 cursos ainda em 2021 e mais 30 já marcados para o primeiro trimestre, em média seis webinares por mês, rodadas de negócios, Pratos Principais, etc. “Acessem nosso site e inscrevam-se, por favor”, sugeriu.

Próximo Prato Principal

O último PP do ano será no dia 9 de dezembro, com a apresentação do economista-chefe da Fiergs, André Nunes de Nunes, que falará sobre Perspectivas 2022: os desafios da economia pós-pandemia. “A partir de amanhã, já podem inscrever-se”, disse o presidente.