51 2108.2108
Área do Associado
esqueci minha senha

Notícias

16/10/2018

Fundamental completa 20 anos de atuação

O presidente da Fundamental, Mário Marchini

O presidente da Fundamental, Mário Marchini

Novo Hamburgo/RS – Instituída pela Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância velha, no dia 18 de outubro de 1998, a Fundação Desenvolvimento Ambiental (Fundamental), uma Organização Não Governamental, nasceu com o objetivo de assessorar as empresas nas questões ambientais. Nesta quinta-feira (18), ela completa duas décadas de atuação. “Há 20 anos, a Fundamental vem sendo o elo entre o meio ambiente e as empresas da região. Agradecemos a confiança e contribuição de todos ao longo desses anos e desejamos que os próximos sejam ainda melhores”, ressalta o presidente Mário Marchini.

A criação da Fundamental surgiu da necessidade do meio empresarial local de buscar alternativas quanto à questão "resíduo industrial". Para isso, empresários encontraram na ACI, através da criação do Conselho de Meio Ambiente, o suporte necessário para a concretização desta ideia. A Fundamental é reconhecida como de Utilidade Pública Municipal pela lei municipal n° 1.650/2007. Num primeiro momento, todos associam a Fundamental com a Central de Resíduos da Roselândia, criada, implantada e administrada pela Fundação. “Realmente, a questão da destinação final adequada dos resíduos sólidos industriais dos associados da ACI, sem a geração de passivos ambientais para as empresas e a sociedade, foi a primeira preocupação da ACI. Mas não é a única. A Fundamental sabe que a questão dos resíduos sólidos é apenas uma das faces mais visíveis da questão ambiental nas organizações”, ressalta a coordenadora executiva Bruna Kayser da Silva.

CENTRAL MODELO - A Fundação iniciou suas atividades erguendo uma central de resíduos que atualmente é modelo, tanto a nível estadual quanto de Brasil. Hoje conta com mais de 100 empresas cadastradas e cinco valas de disposição de resíduos. Todas foram construídas com impermeabilização de fundo, drenos testemunho e dreno coletor de chorume para envio à estação de tratamento de efluentes. As valas contam com drenagem pluvial e serão adequadamente encerradas e seladas com polietileno de alta densidade na superfície quando atingirem sua capacidade máxima.

A quinta vala, que entrou em operação em 2017, possui capacidade para receber mais de 100 mil metros cúbicos e deve ter uma duração de 7-8 anos. Visando este encerramento da Central de Resíduos, a Fundamental já estuda outras tecnologias para utilização dos resíduos recebidos. Dentre os vários estudos, existes a possibilidade de geração de carvão, energia, gás e sub-produtos.

A inserção e a dimensão que a Fundamental tomou, foi capaz de gerar o prêmio Empresa Amiga do Meio Ambiente, já tradicional na região, em que vários aspectos ambientais são analisados e as empresas que preenchem requisitos mínimos de sustentabilidade são agraciadas. Frequentemente, o local recebe técnicos de vários Estados e países, além de estudantes que buscam conhecer e receber informações sobre o trabalho realizado com os resíduos sólidos industriais.

Marcando os 20 anos da Fundamental, o Prato Principal de outubro, reunião-almoço promovida mensalmente pela ACI, terá como palestrante a secretária do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do RS e diretora-presidente da Fepam (Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler), Ana Pellini. O evento será dia 25, às 11h30min, na Sociedade Ginástica Novo Hamburgo.

De Zotti – Assessoria de Imprensa
Em 16/10/2018