51 2108.2108
Área do Associado
esqueci minha senha

Notícias

17/03/2016

No limite do escárnio

A ACI-NH/CB/EV firma sua posição nesse momento importante da Nação, juntando-se à sociedade nesta crítica aos mais recentes fatos políticos e em apoio ao Poder Judiciário.

 

A Nação recebeu, aturdida, no dia 16 de março, a notícia da nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o cargo de ministro chefe da Casa Civil.

A decisão da presidente Dilma Rousseff quebra os protocolos vigentes até a presente data, no que diz respeito à escolha e à posse de ministros de Estado.

Começa por indicar a figura pública que é hoje o principal foco das investigações da Operação Lava Jato, o que seria um elemento determinante para a exclusão - dentro dos padrões de moral e ética – de qualquer administrador público, em todas as esferas.

Não bastasse isso, depreende-se, através das gravações telefônicas trazidas a público, que o Termo de Posse foi enviado por mensageiro ao ex-presidente como ferramenta de salvo-conduto.

A prática vigente tem sido a de assinar o Termo de Posse em data, hora e local aprazados para a cerimônia de posse efetiva.

Configura-se aqui o desrespeito à Nação em sua maior extensão, ignorando por completo as manifestações espontâneas e cidadãs do povo brasileiro.

Um verdadeiro escárnio com todos os ingredientes para prolongar por mais algum tempo as agruras de uma crise que imobiliza e sangra o País.

A Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha - ACI-NH/CB/EV reafirma, através deste documento, seu compromisso com a ordem institucional brasileira, ao mesmo tempo em que repudia e lamenta a criação de fatos como esse, que servem apenas para agravar o severo quadro que o Brasil enfrenta.

Porque a ACI-NH/CB/EV acredita que o sucesso do Brasil só virá com a prática ética.

ACI-NH/CB/EV