51 2108.2108
Área do Associado
esqueci minha senha

Relatório
de Gestão 2010/2011

Junho de 2011

 

 “Os Expositores e os visitantes da Francal estão focados em realizar negócios e isto contribui para os resultados verificados até agora”, salientou Fatima Daudt, presidente da ACI-NH/CB/EV, sobre os bons resultados obtidos pelo estande coletivo, na Feira realizada no Anhembi, em São Paulo. O estande foi uma parceria da entidade, Secretaria de Desenvolvimento e Promoção do Investimento do RS e Sebrae/RS. Juntos,cerca de 50 expositores, comercializaram aproximadamente 212 mil produtos, entre calçados, bolsas e acessórios. “Vários fatores contribuem positivamente para o sucesso dessa iniciativa conjunta, a começar pela localização do estande na feira, que já é um referencial para os compradores que buscam produtos de qualidade”, disse Fatima Daudt.


 

Considerado o Oscar da Qualidade, o prêmio será concedido a 147 organizações, recorde na história deste reconhecimento. Dentre as 147, 28 são do Vale do Sinos, com destaque para a Usina Riograndense da Gerdau, localizada em Sapucaia do Sul, e a leopoldense Altus Sistemas de Informática, vencedoras de um prêmio inédito, o 1° prêmio Inovação PGQP.


 

 Em reunião realizada pelo Comitê de Inovação e Tecnologia da ACI-NH/CB/EV, esteve presente o pró-reitor de Pesquisa e Inovação da Universidade Feevale, João Alcione Sganderla Figueiredo, que apresentou um relato sobre a Missão Coréia do Sul, mostrando percepções que obteve principalmente no que diz respeito aos aspectos culturais, ligados à educação e tecnologia. “As relações de trabalho naquele país são muito fortes, investindo pesado na tríplice hélice que envolve a parceria público/privada/universidades. Ficou muito claro que eles não almejam quantidade, mas sim serem melhores naquilo que fazem”, enfatizou João Alcione Sganderla Figueiredo.


 

Em mais uma edição do evento De Sócio Para Sócio, realizado pela ACI-NH/CB/EV, o diretor de Relações com a Comunidade do Grupo Sinos e ex-prefeito de Novo Hamburgo (1973-1977), Miguel Schmitz apresentou um pouco da sua trajetória profissional, política e como executivo em uma empresa privada. “Nos 24 anos que estou no Grupo Sinos, nunca faltei um dia de trabalho. As pessoas devem fazer o que mais lhe dá prazer”, disse ele. 


 

Foi lançada a edição de maio/junho da revista O Empresário, uma publicação da ACI-NH/CB/EV. A questão tributária é o destaque desta edição.


 

Toda a diversidade econômica de Campo Bom, além do setor coureiro-calçadista, foi exposta na vitrine da Festa do Sapato. “É surpreendente ver a diversidade de empresas e negócios que Campo Bom possui. As empresas que fazem parte da Multifeira ‘Campo Bom Faz’, demonstram o pioneirismo e capacidade inovadora de um município que enfrenta suas dificuldades, estimulando a criatividade de seu povo”, disse César Ramos, coordenador do Comitê de Indústria, Comércio e Serviços, que foi um dos Gestores da Festa do Sapato e também é vice-presidente da Regional campo Bom da ACI-NH/CB/EV.


 

Foi aberta a primeira fase de votação do 29º Prêmio Troféu Destaque Empresarial ACI , da ACI-NH/CB/EV.


 

Em mais uma edição do Prato Principal, realizado pela ACI-NH/CB/EV, a diretora geral da Tecnosinos, Susana Kakuta palestrou sobre o assunto “Missão Coréia do Sul”. Susana falou sobre o “milagre” coreano e como os orientais conseguiram passar de país agrícola para líderes em tecnologia, e, ainda lembrou-se da instalação de uma fábrica de semicondutores na Tecnosinos, a doutora em Relações Internacionais ressaltou o quanto esse nicho de mercado tem espaço para expandir. “Podemos ser a base brasileira desse negócio completamente novo”, disse Susana.


 

A ACI-NH/CB/EV foi sede para discussões sobre a carga tributária em audiência pública da Assembléia Legislativa. “Precisamos solucionar o problema de competitividade e não apenas situações específicas que sejam de governo ou de mandatos”, disse o vice-presidente da Comissão de Economia e Desenvolvimento Sustentável, deputado Lucas Redecker. De acordo com a presidente da ACI-NH/CB/EV, Fatima Daudt, é preciso simplificar a cobrança dos impostos, considerando que os empresários têm dificuldade de acompanhá-la. A audiência pública, requerida pelo deputado Lucas Redecker, reuniu representantes de diversas entidades industriais, comerciais e sindicais.


 

A ACI-NH/CB/EV lançou o Escritório de Projetos, que nasce com o intuito de tirar inovação do papel. A iniciativa permitirá que os associados recebam assessoria técnica para elaborar projetos de inovação a fim de captar recursos, consequentemente dar mais ritmo aos negócios. De acordo com Fatima Daudt, presidente da ACI, a meta é que até março de 2012 sejam desenvolvidos 10 projetos. “Não é algo tão complexo e é possível. Precisamos implantar a cultura de fazer projetos”, disse Fatima. 


 

O diretor da ACI-NH/CB/EV, Marco Aurélio Kirsch, juntamente com um grupo de políticos e empresários do RS, estiveram reunidos em Brasília, onde apresentaram ao ministro Wagner Bittencourt, da Secretaria de Aviação Civil, uma proposta de construção do Aeroporto Internacional 20 de Setembro, que poderá ser o aeródromo da região metropolitana de Porto Alegre. “Vocês estão no caminho certo”, disse o ministro após ouvir as manifestações de vários membros da comitiva gaúcha. Beto Albuquerque entregou o projeto e alegou que o aeroporto Internacional 20 de Setembro é uma necessidade estratégica do Estado, em função do futuro esgotamento do Salgado Filho e sua reduzida área, que torna impossível sua expansão.


 

A ACI-NH/CB/EV e a Fundação de Desenvolvimento Ambiental, juntamente com o Sindicato das Indústrias de Artefatos e de Curtimentos de Couros e Peles de Estância Velha, realizam, durante a XVIII Semana do Meio Ambiente de Estância Velha, o I Simpósio Estância em Ação.