51 2108.2108
Área do Associado
esqueci minha senha

Notícias

10/11/2017

Última edição do ACI com Networking em 2017 tratou sobre a transformação digital

Clique na imagem e veja a galeria completa

Novo Hamburgo/RS – Explorar oportunidades, surfar na onda da transformação digital, mudanças radicais. Estas características ressaltadas na manhã de quinta-feira (09), durante a última edição do ano do ACI com Networking, foram enfatizadas pelo palestrante Fabio Junges, diretor Comercial da Teevo. Juntamente com o diretor de Inovação da empresa, Rodrigo de Castro, eles apresentaram o tema “Transformação Digital: O que sua empresa não pode deixar de fazer hoje”.

“Não dá para a gente sentar no nosso business e achar que estamos seguros. As inovações dos últimos anos é só a pontinha de toda a transformação que vem pela frente. Todo mundo vai ser afetado. A discussão é: em que medida, qual o impacto e em que tempo isso vai acontecer”, antecipou Junges, empresário e empreendedor na área de Tecnologia da Informação, investidor e mentor de startups de tecnologia. Especialista em gestão, estratégia e finanças empresariais, é doutor em Administração, professor e pesquisador nas áreas de transformação digital, mobilidade empresarial, processo decisório e tecnologias disruptivas.

Fabio Junges pontuou que empresas tradicionais precisam estar atentas. “Frequentemente elas subestimam a natureza disruptiva, até que seja tarde demais”, observou, considerando que é preciso ser realizado um diagnóstico (e neste momento ela fala de um modo geral das organizações) verificando se a empresa já está inserida neste contexto tecnológico (onde estou e onde quero estar). Ele também indicou que sejam avaliados os mecanismos impulsionadores das mudanças, facilitando para o cliente para que ele utilize o produto/serviço. “Nós somos pressionados pelo tempo. Então é preciso focar e facilitar para o cliente”.

ÚLTIMA GERAÇÃO - Rodrigo de Castro lembrou da chegada da Internet no Brasil. Seus primeiros passos foram nos anos 80, porém foi no final da década de 90 que, de fato, a população teve maior acesso. “Somos da última geração que viveu a mistura do analógico com o tecnológico e isso teve um impacto para a sociedade. Hoje estamos num mercado altamente dinâmico, com tecnologias disponíveis para nossas vidas e nossas empresas”, assinalou, ao mostrar tecnologias ainda mais completas que estão aparecendo no horizonte, que em breve farão parte do nosso dia a dia, como a Internet das Coisas (máquinas conversando entre si). “Hoje, com o celular, já é muito comum as pessoas carregarem no bolso um conjunto infinito de dados. Máquinas sabem entender, aprender e fazer. Falta ser, mas isto é uma questão de tempo”, avaliou.

Rodrigo de Castro, formado em Administração e especialista em estratégias empresariais, também vice-presidente de Inovação e Tecnologia da ACI, assinalou, ainda, pontos sobre a Inteligência Artificial e Big Data, conceitos ainda pouco conhecidos para os leigos, mas que congregam sistemas informacionais, portanto, influenciam diretamente na vida de cada um. “Precisamos conhecer as estratégias de transformação, o que pode ser criando uma área de inovação, independente da trajetória da empresa, ou construindo a cultura da inovação com parceiros profissionais, ou ainda investindo em startups. Não é acabar com o que se tem para começar algo novo, mas sim adaptar ao mercado, utilizando a inovação e as ferramentas de tecnologias”, complementou ele.

O patrocínio do ACI com Networking foi de Algar Telecom e Sicoob Ecocredi, com apoio de Unimed Vale do Sinos e colaboração de Pomar Delivery de Frutas. Neste evento, todos os participantes são convidados a levar seus folders, cartões e materiais de divulgação para o networking.

De Zotti – Assessoria de Imprensa
Em 10/11/2017