51 2108.2108
Área do Associado
esqueci minha senha

Notícias

11/02/2021

Pequenas e médias empresas também precisam se inserir na 'transformação digital'

Roberto Herrera Arbo

Roberto Herrera Arbo

"Antes de pensar na operacionalização e nas ferramentas, é preciso mudar a cultura da empresa quando o tema é 'transformação digital'. E isso vale para qualquer porte de empreendimento". Com essa frase, Roberto Herrera Arbo definiu o passo essencial - e inicial - para as empresas que pretendem estar inseridas nesta nova realidade, acelerada de modo exponencial pela pandemia. Arbo foi o palestrante do Webinar Inovação, realizado na manhã de hoje, 11/02, e que teve como tema 'Transformação Digital, Marketing e Vendas para Pequenas e Médias Empresas'. Prof. Me., Arbo é sócio-diretor da Ideal Inteligência em Negócios e especialista no assunto. O webinar teve o patrocínio da Sicredi Pioneira RS e a mediação de Vivian Schell.

Empresário, engenheiro eletrônico, pós-graduado em engenharia da qualidade e mestre em administração e negócios pela PUCRS, Arbo explica que, após a empresa adotar uma cultura voltada à transformação ditigal, o planejamento é o passo seguinte e requer um cuidado especial. "Tem que se pensar na jornada do cliente para definir as ações", pondera.

Os sistemas de gestão de relacionamento com clientes, os tradicionais CRM´s, são ferramenta essencial para esta mudança. "Há várias plataformas, inclusive gratuitas, que permitem este tipo de estruturação. Recomendo as que são associadas a instituições de ensino ou a entidades respeitadas", aconselha.

O especialista fez um alerta importante: não existe 'marketing digital', existe tão somente o marketing, só que agora com novas ferramentas à disposição. "Também é importante não confundir marketing somente com propaganda. Vai muito além disso. É o movimento de estudo e análise de mercado, no qual a propaganda está inserida", detalha Arbo.

Ter um propósito claro e definido é essencial para definir uma estratégia de marketing assertiva, independentemente do porte ou nicho de atuação. "Na comunicação, é preciso abordar o que a empresa agrega ao cliente ou à socieade. Só assim, é possível enfatizar o seu valor, que é diferente do seu preço", ressalta.

Por fim, Arbo explica que, cada vez mais, é importante apostar no conteúdo em detrimento da abordagem exclusivamente voltada à venda ou a promoções. "Marketing e vendas têm que ser aliados e complementares", reforça. "Para isso, é preciso conhecer seu nicho de mercado e, principalmente, a persona que representa seu público", conclui.