51 2108.2108
Área do Associado
esqueci minha senha

Notícias

10/02/2021

Ferramenta apresenta projeção de consumo de calçados em 5.577 cidades brasileiras

Profissionais ligados à área comercial das principais indústrias calçadistas gaúchas conheceram nesta quarta-feira, 10, o consumo projetado de calçados para 2021 e outros dados relativos a 5.577 cidades brasileiras.

As informações fazem parte da ferramenta on-line Cidades Brasileiras, que integra o Cadastro do Comércio de Calçados (3C), ligado à Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha e que completa 50 anos em 2021.

A ferramenta on-line contém dados geográficos, socioeconômicos e de consumo de calçados de 5.577 cidades brasileiras, tais como localização (micro e mesorregião), distância da capital do estado, população total e número de lojas de calçados, entre outras, que auxiliam as áreas de marketing e vendas das empresas usuárias na definição de planos comerciais assertivos.

A população é segmentada em urbana e rural, por faixa etária, renda, sexo e classe social, com os seus respectivos números de habitantes e percentuais de representatividade, de acordo com dados do IPCA, do IBGE, do Ibope e de outras fontes.

De uso exclusivo dos usuários do Sistema 3C, a ferramenta apresenta a projeção de consumo de calçados nos segmentos de tênis, sandálias, feminino, masculino e chinelos, tanto adultos quanto infantis. Além disso, indica o valor mensal gerado pelo mercado consumidor local e seu percentual de participação no ano, servindo de base à definição de metas de vendas para todo o exercício ou específicas para cada mês, de acordo com as datas promocionais, por exemplo.

As informações são processadas sob a supervisão do consultor e estatístico Ernany Nascimento, que é ligado à ACI há mais de 20 anos.

50 anos de apoio às empresas

O Cadastro do Comércio de Calçados foi criado em 1971, quando não existiam serviços de consulta de crédito no Brasil. Atendendo à solicitação de fabricantes gaúchos, que detinham predomínio sobre a produção e a venda de calçados no país, a ACI passou a centralizar, organizar e disponibilizar informações sobre lojistas de todas as regiões às empresas integrantes do 3C.

Atualizado diariamente, o sistema conta hoje com mais de 52 mil CNPJ´s cadastrados e é acessado exclusivamente por indústrias, que fornecem informações creditícias sobre lojistas de calçados de todo o Brasil. Seguro e de fácil acesso, tanto para inserção quanto para download de informações, o serviço evolui em sintonia com as necessidades das empresas usuárias e as novas tecnologias, proporcionando informações seguras para aprovação de crédito e planejamento de vendas. Em média, cerca de 900 mil títulos são importados mensalmente no sistema.

“O acesso às consultas de clientes é ilimitado. O sistema é monitorado exclusivamente pela ACI e administrado pelo comitê gestor, composto por usuários ligados aos principais fabricantes de calçados do Brasil”, afirma Frederico Wirth, coordenador do comitê gestor. Segundo ele, o sistema está disponível a outras empresas interessadas em alimentá-lo e utilizar suas informações.

INFORMAÇÕES DISPONIBILIZADAS

O 3C é segmentado para o setor calçadista e apresenta, entre outras, informações como:
> Endividamento atual e futuro do lojista
> Evolução de pagamentos dos últimos 5 anos
> Títulos protestados
> Dados cadastrais de cada lojista, como data de fundação, endereço e cidade
> Informações mercadológicas de todas as cidades brasileiras
> Perfil dos consumidores de calçados de todo o Brasil, por cidade
> Pesquisa do potencial de consumo mensal em todo o território nacional, por cidade