51 2108.2108
Área do Associado
esqueci minha senha

Institucional

Relatório das Gestões

O Relatório das Gestões apresenta as principais ações realizadas por
seus presidentes e integrantes de Comitês a partir do ano de 2001.

  • Gestão 2014/2015

    Clique e veja o relatório

    Marcelo Clark Alves

  • Gestão 2012/2013

    Clique e veja o relatório

    Marcelo Clark Alves

    Quando assumi a presidência desta entidade há 2 anos, agradeci pela confiança e prometi me esforçar para continuar o legado deixado pelos demais presidentes, sem decepcioná-los.
    Agradeci e pedi apoio para a equipe interna, dizendo que nada seria possível sem o apoio deles.

    Planejamos, dentre outros importantes objetivos, criar o comitê de jovens empreendedores para que houvesse uma renovação, oxigenação e continuidade na entidade, o que foi feito com muito êxito.

    Ao final desta gestão, agradeço ao conselho de vice-presidentes que esteve unido, e sem os quais não teríamos condições de realizar as metas e os planos traçados, agradeço às entidades, órgãos públicos e privados parceiros e finalmente agradeço a equipe de funcionários e executivos da ACI que são incansáveis nos desafios - que são muitos - e na busca incansável pela satisfação dos associados através da representatividade.

    A ACI tem buscado incessantemente melhorar as relações entre o governo que precisa arrecadar para manter sua estrutura pesada, e uma classe empresarial que quer produzir para gerar empregos e melhorar a situação do país. Às vezes nos vemos como um barco no meio do oceano lutando contra a maré, mas somos fortes e o motor deste barco é potente pois somos unidos, e como diz nosso slogan: entidade forte, associado forte.

    Somos a única entidade empresarial no país com duas fundações nas áreas de meio-ambiente e de responsabilidade social – a Fundação Semear e Fundamental – compondo um tripé de sustentabilidade com a visão econômica, social e ambiental, que conta com voluntários e profissionais talentosos dedicados a estas grandes causas.

    Continuaremos lutando pela construção de um cenário econômico, ambiental e social que nos orgulhe quando olharmos para a ACI daqui a muitos anos, já nas mãos das próximas gerações!

    Marcelo Clark Alves
    Presidente

  • Gestão 2010/2011

    Clique e veja o relatório

    Fatima Daudt

    Os fatores que fazem uma entidade representativa como a ACI se destacar entre seus associados é a importância das ações desenvolvidas.

    Seguindo a linha de um planejamento estratégico ousado e ao mesmo tempo realista, baseado nas características social, econômica e cultural da nossa região, a ACI promoveu uma série de iniciativas que contribuíram com o desenvolvimento de toda a comunidade onde está inserida e, mais do que isto, com reflexos muito positivos para toda a sociedade.

    Os anos de 2010 e 2011 colocaram à prova boa parte do potencial e da capacidade da ACI em oferecer soluções para demandas importantíssimas para as centenas de associados, e é por isto que atingimos um nível altíssimo de aprovação de nossa gestão, conforme pesquisa desenvolvida recentemente.

    Foram inúmeras atividades entre cursos, seminários, palestras, reuniões, ações de representatividade em nível municipal, estadual e nacional, enfim, foi um período em que não faltou disposição de toda a diretoria e equipe de colaboradores. E é este o caminho que a ACI continua a trilhar.

    Fatima Daudt
    Presidente

  • Gestão 2008/2009

    Clique e veja o relatório

    Fatima Daudt

    Dois anos de muito trabalho. Esta é a frase mais apropriada para caracterizar a atuação da gestão que começou em janeiro de 2008 e seguiu até dezembro de 2009 à frente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha.

    Neste período tivemos a oportunidade de coordenar, ao lado de uma diretoria participante e dedicada, além de um qualificado grupo de colaboradores, uma série de ações que consolidaram o posicionamento da ACI como uma das entidades mais atuantes do Sul do Brasil.

    Foram inúmeras atividades que estão detalhadas ao longo do presente Relatório de Gestão, onde o objetivo comum foi buscar o desenvolvimento de toda a região e a defesa dos interesses justos e corretos dos nossos associados na área da indústria, comércio e serviços.

    A ACI, mais forte e consolidada do que nunca, continua trabalhando com um planejamento muito bem definido e que mostra seus resultados no dia a dia da nossa comunidade. Também agradecemos a confiança depositada nesta diretoria, que não mediu esforços para levar adiante as centenas de demandas surgidas neste período.

    Fatima Daudt
    Presidente

  • Gestão 2006/2007

    Clique e veja o relatório

    Fatima Daudt e Flávio Fischer

  • Gestão 2004/2005

    Clique e veja o relatório

    Adão Cláudio da Silveira

    Caro Associado,

    Presidi a Casa do Empresário por dois anos. Neste espaço de tempo, realizei junto com minha diretoria, várias ações para o desenvolvimento das empresas associadas da Região. Agora no final da gestão, tenho o dever de prestar contas das atividades realizadas no período.

    Desta forma, coloco à disposição de todos, o Relatório de Gestão 2003/2005, para que possam tomar conhecimento das ações realizadas em prol dos interesses dos associados.

    Aproveito a oportunidade para agradecer a confiança depositada em mim e na minha equipe de trabalho, especialmente pelo apoio que tivemos nesse período.

    Adão Cláudio da Silveira

  • Gestão 2002/2003

    Clique e veja o relatório

    José Flávio Bueno Fischer

    Na noite de minha posse, em outubro de 2001, falava de quanto "são intrincados e complexos os meandros que perpassam os inter-relacionamentos humanos". E na mesma noite isso se confirmava, por acontecimentos inadequados ao momento.

    Hoje, passados dois anos, temos a satisfação de termos contribuído para o amadurecimento das relações entre as entidades do nosso setor, que jamais tinham sido tão amenas e solidárias como nesse período.

    Nas páginas seguintes apresentamos o resumo de nossas atividades, que asseguram uma certeza: nós, os voluntários empresários que dedicamos nosso tempo à ACI e à sua causa, sentimo-nos extremamente gratificados por tudo o que aprendemos e por tudo o que pudemos realizar pela CASA DO EMPRESÁRIO, por nossos associados, e pela comunidade de Novo Hamburgo e do Vale dos Sinos.

    Solidificamos uma posição de liderança construída ao longo dos anos, pelos nossos antecessores, fortalecendo o apoio incondicional aos associados, com uma série de medidas, iniciativas e projetos, que só não deram maior resultado ainda, pelas limitações humanas que nos condicionam, e pela insensibilidade petrificada de nossos governantes, que teimam em sacrificar o empreendedorismo, com impostos escorchantes e complicados, que, ao invés de cumprirem a missão do bem comum, servem, quase sempre, para alimentar máquinas burocráticas sempre menos eficientes e autofágicas.

    Mas como otimista incorrigível, quero crer que nossa contribuição possa servir de mais um degrau rumo ao desenvolvimento cada vez mais sustentável de nossa região, além de ser um marco renovado e permanente na direção de um empresariado consciente de sua responsabilidade ambiental e social.

    José Flávio Bueno Fischer